sábado, 9 de dezembro de 2017

Vamos discutir um caso clínico!!!

Paciente 47anos, com quadro de dispnéia intensa, extremamente emagrecido, etilista, hipertenso, esteve em tratamento de pneumonia há 1 semana. Familiares referiam ainda diminuição de peso há alguns meses, ñ sabem dizer se o mesmo já tratou para tuberculose. Ele morava sozinho, com pouco contato da família.

SINAIS: PA 110x45mmHg, FC: 105bpm, Sat 80% em AA e 93% com Mascara reservatório à 15l, FR: 34irpm
Neurológico: vigil, algo desorientado e agitado
AR: MV+ com creptos difusos, padrão alterado com esforço intenso, uso de musculatura acessória, esforço abdominal
ACV: 2BNFR sem sopros
Abdome: escavado, sem massas palpáveis e sem sinais de peritonismo
MMII: sem edemas

qSOFA: 2

Devido esforço respiratório(impossibilidade de manter ventilação e oxigenação) vc opta por intubação orotraqueal.

Preditores de via aérea dificil:
- Dificuldade para ventilação com bolsa-valvula-máscara devido barba grande

Mantem pré-oxigenação com MR 15l
Pré-tratamento: nenhum pois PA límitrofe
Indução + paralisia : etomidado + succinilcolina
Sedação contínua com midazolan e fentanil
Ventilação Mecânica controlada a pressão
Pins: 15
Ppico: 28
Fio2: 100%
FR: 16
Peep: 5
Volume corrente: 380

Vc solicita exames, hemoculturas, BAAR do escarro + genexpert + teste rápido HIV
Inicia ATB empírico + RIPE


Fonte: Emergência Rules

terça-feira, 14 de novembro de 2017